5 (100%) 1 vote

No dia 14 de junho de 2017, um incêndio na Torre Grenfell, em Londres, custou a vida de 72 pessoas. Especialistas questionaram o revestimento do edifício, pois continha polietileno, o que poderia explicar a rapidez com que o fogo se propagou. Desde então, a indústria da construção civil travou uma verdadeira batalha para criar um revestimento leve e que não se incendiasse, material que se considerava impossível de criar. Isso até pouco tempo atrás, porque uma pesquisadora da Universidade de Melbourne, chamada Kate Nguyen, examinando pequenas partículas de cerâmica que compõem o isolamento em torno de cabos elétricos, descobriu que elas interagem quimicamente entre si, formando uma rede resistente ao calor. Estava descoberto um revestimento orgânico, leve e resistente ao fogo.

O material, que suporta até 750 graus Celsius, já foi testado e aprovado e partirá agora para as etapas de comercialização. Ótima notícia para a construção civil, pois materiais não combustíveis como aço, cerâmica ou concreto são muito mais pesados e mais caros de produzir e instalar.