Rate this post

Você certamente já ouviu falar em cloud computing (computação na nuvem), mas e o termo fog computing? Ele figura entre as tendências digitais atuais e representa uma tentativa de estender a capacidade computacional e o armazenamento da nuvem para as camadas de acesso na borda da rede (edge computing).
Os servidores de nuvem estão muito distantes em processar a quantidade imensa de dados disponíveis e responder a tempo, para alguns tipos de aplicações. As limitações de latência, largura de banda e tempo de atividade também dificultam o tráfego de dados. A solução? Processar os dados mais próximos da fonte, nos próprios dispositivos, em tempo real, para em seguida iniciar uma ação rápida. Essa é a fog computing.
Juntas, a cloud e a fog computing resultarão em um sistema híbrido complexo que colocará o poder de computação e a tomada de decisões em qualquer local necessário, beneficiando inclusive o gerenciamento de facilities.