Rate this post

Automação e preocupação com o ambiente são palavras de ordem nas obras modernas. Hoje com a sustentabilidade em destaque, várias construções têm levado em consideração o meio ambiente com a energia renovável e técnicas inteligentes de segurança, comunicação e economia de recursos.

Destacamos abaixo algumas construções que “reciclam” água, prevêm temperatura ambiente, são modernos, futuristas e inteligentes.

Thomas M. Siebe – Estados Unidos

Inaugurado em 2004, o Centro de ciência da computação Thomas M. Siebel, na Universidade de Illinois, no Estados Unidos, é considerado um dos primeiros prédios inteligentes do mundo. Seu sistema de automação e a interação entre os cerca de 1.600 estudantes além da tecnologia aplicada à arquitetura fazem o diferencial. Câmeras para ensino a distância, sistemas de captura e reprodução de vídeo em alta definição são alguns dos fatores que valorizam o prédio.

Imagem relacionada

 

 

Eldorado Business Tower – São Paulo

Com 32 andares, as fachadas de vidro escondem geradores de energia movidos a gás natural. Há um sistema de reaproveitamento da água da chuva, além de uma instalação elétrica, que faz com que a luz de uma sala aumente de intensidade automaticamente quando alguém fecha a persiana da janela. Computadores monitoram a temperatura dos ambientes e controlam o sistema de ar-condicionado para que não haja desperdício de energia. Seis dos 29 elevadores do prédio estão entre os mais rápidos do país, com velocidade de 6 metros por segundo.

 

 

 

Torre Santander – São Paulo

O prédio é equipado com diversos recursos tecnológicos que se destacam e ajudam na manutenção como o sistema de operação e monitoramento remoto de todas as instalações prediais, incluindo iluminação, sistema de ar condicionado e sistema hidráulico. Os sanitários do edifício possuem sistema a vácuo e, assim como o Eldorado, possui um sistema de reaproveitamento da água da chuva e do sistema de drenagem do ar condicionado. Outro recurso interessante do edifício é o sistema de compostagem de lixo orgânico, que transforma todo o lixo produzido pelos funcionários em adubo. Ao todo são transformados 500 kg de lixo em 120 kg de biomassa diariamente.

Resultado de imagem para torre santander

Resultado de imagem para Shopping SelloShopping Sello – Finlândia

Este é o primeiro empreendimento europeu a receber o certificado Leed Gold. Ele conta com um centro operacional de controle eficiente, que permite monitorar as atividades nos diferentes espaços do edifício e a partir delas ajustar o consumo a um limite adequado e sem desperdício. O sistema adapta o consumo de energia de acordo com a quantidade de pessoas presentes nos ambientes.

 

Taipei 101 – Taiwan

Construído em 2004 e com 508 metros de altura, é considerado o quarto maior do mundo pelo ranking da organização americana Council on Tall Buildings and Urban Habitat. Trata-se do maior edifício com a certificação Leed. Os 101 andares do Taipei Financial Center, comportam mais de 3.400 dispositivos de controle capazes de desligar imediatamente o ar-condicionado quando detectam que o ambiente está desocupado.

Resultado de imagem para Taipei 101